Portfólio

Quarto da Lele

Quer se emocionar junto com a gente? A mamãe Michelle traduziu em palavras todo o processo de criação do quartinho da Helena. Um texto lindo, de chorar 🙂
Clique aqui e conheça tudo sobre o passo a passo do nosso Projeto de Decoração Completinho e vem fazer o quarto dos seus sonhos com a gente também!

O quarto da bebê

Esse foi o tema de muitas noites em claro enquanto mal podia respirar e não tinha posição pra dormir. De lado era 
bom, mas em 5 minutos cansava. De barriga pra cima a bebê (agora Lelê) se mexia muito. E entre uma virada e um chute, lá vinha o tal quarto de novo na minha cabeça. 
 
Como ele seria? Ela iria gostar? Seria aconchegante? Tudo rosa mesmo? Como deixar com a minha cara e ao mesmo tempo com a dela, que ainda não conheço? 
 
Aí eu pegava no sono, dormia algumas horas. Com sorte umas 5. Acordava, dava aquele pit-stop básico no banheiro e ia tomar meu café. E no caminho do meu quarto até a cozinha lá estava ele. O quarto. Paredes brancas sem-graça, piso de taco de madeira, uma janela e um armário branco. Meu Deus, eu pensava, como em alguns meses um bebezinho vai morar nesses 15m2?  
 
Aí o pânico tomava conta de mim enquanto tomava meu café. Não vai dar tempo, ainda nem comecei. Calma Michelle, vai dar certo, todo mundo fala que fica pronto mais pro final da gravidez mesmomas já estou de 34 semanas meu Deus!…como vai ser isso? 
 
E magicamente, e com ajuda de pessoas muito especiais, aconteceu. E o resultado foi muito mais do que eu podia esperar ou pensar naquelas tantas noites sem posição pra dormir. Começou com uma simples instalação de papel de parede. Nossa, que dia feliz. Sem exageros. Comecei a ver aquele quarto sem-graça com alguma cara. 
 
Dia após dia cada coisa foi chegando, e eu me encantando e me emocionando. Um móvel é apenas um móvel, certo? Hastes de madeira, uma pintura, pregos e pronto. Só que não. Um berço não é apenas um móvel, é um sonho se tornando realidade, com perdão do clichê.  Aliás, clichês nessa fase é o que não faltam, e nesse texto também, já vai se acostumando. 
Mas voltando, como fiquei feliz na hora que o berço chegou e se encaixou no meio daquelas paredes brancas. 
Nude, lindo, de 2a mão, e daí? Mas perfeito para a Lelê que habitaria ele tão lindamente em algumas semanas. 
 
Aí foi só alegria: cômoda, trocador, poltrona, prateleiras, quadrinhos, enfeites, luminárias, almofadas, tapete, cortina… Cada detalhe pensado (e muito…) com o maior amor do mundo. 
E quando eu menos (ou mais) esperava, o quarto dela estava pronto. E aí foi aquela emoção. Sim, chorei sentada na poltrona olhando para o móbile contrastando com o papel de parede e pensando que em alguns dias a dona disso tudo chegaria pra tomar conta do pedaço.  
 
E chegou, dia 23 de abril de 2018 a dona do quarto veio ao mundo e alguns dias depois se apossou disso tudo. Se ela gostou do que preparei com tanto carinho eu ainda não sei, só sei que ainda sento na mesma poltrona e continuo me emocionando ao ver o móbile balançar contrastando com o papel de parede. Mas dessa vez a emoção é aquela que não se explica, porque tem uma menininha linda dormindo no berço. Sim, é o maior amor do mundo. 
 
Chuva de clichês, não disse? Mas isso é ser mãe: uma chuva constante de clichês, de emoção e de amor. 

 

 

 

Detalhe do papel Pontinhos. Clique aqui e compre o seu. 

 

Trocador com estampa personalizada no Ateliê. Vem ver mais opções aqui.

 

Quadrinho em Aquarela disponível aqui no site. Arte da @carolinacolichioatelie 🙂

 

 

 

Edredom sob-encomenda no Ateliê. Mais modelos à pronta-entrega aqui! A almofada Nuvis também te espera lá na loja-online, clique aqui.

 

Vem ver de pertinho toda a nossa coleção Aquarela! Clique aqui 🙂

 

 

Almofada de amamentação na mesma estampa do papel de parede. Clique aqui e veja todas as peças com Pontinhos.

Data

17 / ago

Categorias

Minina, Nenes